MUNHAC e PHOTO IMPULSE DESCREVEM EQUIPAMENTO FOTOGRÁFICO HISTÓRICO

Uma parceria em o MUHNAC e o projeto de investigação Photo Impulse com o objetico de contribuir para a história e a teoria da fotografia e do filme científicos

O Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa (MUHNAC) e o projeto de investigação Photo Impulse, de que aquele museu é parceiro, têm vindo a colaborar visando contribuir para a história e a teoria da fotografia e do filme científicos, através do estudo de imagens produzidas em diversas expedições geográficas e antropológicas realizadas em países Africanos e Asiáticos, entre 1883 e 1975, e que na época eram designados como colónias portuguesas.

Uma das áreas que tem vindo a ser desenvolvida é o estudo e conservação dos equipamentos fotográficos de finais do séc.XIX e princípios do XX usados nestas expedições e que se encontram nas coleções do Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT). No decorrer deste trabalho, identificou-se a necessidade de desenvolver uma metodologia, com linguagem controlada e uniformizada, que permita identificar, descrever e caracterizar as câmaras fotográficas em estudo.

Através de um inquérito internacional realizado em 2020, constatou-se que existia uma lacuna no conhecimento sobre esta temática, evidenciada pela carência de instrumentos de descrição com terminologia controlada especificamente para estes equipamentos. A maioria dos respondentes reconheceram a importância de trabalhar na uniformização da terminologia utilizada para descrever estes objetos.

Procurando contribuir para colmatar esta lacuna, elaborou-se uma proposta de ficha de descrição adequada às especificidades técnicas destes materiais. É esta ficha que estará em discussão num webinar entre a equipa e especialistas portugueses que decorrerá no próximo dia 2 de março de 2021.

Uma segunda sessão com especialistas de museus e arquivos internacionais terá lugar proximamente. Esta ficha pretende ser um resultado do projeto e da sua colaboração com o MUHNAC, respondendo a uma necessidade da comunidade museológica.