Ponto sem Retorno

Exposição do artista plástico Jorge Camões

Quando: 
6 de Dezembro de 2020 a 3 de Janeiro de 2021
Onde: 

Sala Azul | Museu Nacional de História Natural e da Ciência

Nos dias de hoje emerge uma catástrofe global que, sob um olhar mais atento, se anuncia. A questão ambiental tem sido negligenciada pelo poder político e, no seu todo a humanidade ainda não está consciente da gravidade da situação. Nos países com sistemas ditos economicamente mais desenvolvidos, a crença no “progresso inevitável” enviesa a perceção, a tomada de consciência e o entendimento das pessoas, contrariando as necessárias transformações do sistema económico-político e correspondentes modelos mais ecológicos de encarar a vida. Perante a nossa situação ambiental tão gravosa, o indivíduo carrega um sentimento de impotência que o impele à passividade. O planeta, devido a ações do homem, entrou numa nova era, o Antropoceno, sendo que os sistemas florestais afastados do seu estado de equilíbrio estão a perder resiliência e podem ultrapassar os seus pontos de não retorno.

 

Inuaguração dia 5 de dezembro, às 17h00

Exposição de Arte e Ciência