I Seminário Nacional Conservação de Coleções Científicas reúne mais de 120 participantes

Pela primeira vez em Portugal realizou-se um Seminário Nacional de Conservação de Coleções Científicas. 
 
O encontro que organizado pelo MUHNAC-ULisboa, realizou-se ontem, 28 de junho, no Museu e reuniu mais de 120 participantes e 24 oradores.
 
Ao longo de todo o dia, profissionais, investigadores e demais interessados refletiram sobre as práticas, aspetos teóricos e novas tecnologias aplicadas à conservação de coleções e património científico. O Seminário foi dividido em quatro sessões: “Questões Específicas da Conservação de Coleções e Património Científico (Estudos de Caso – Parte 1 e Parte 2)”; “Boas Práticas de Valorização de Coleções Científicas Fora de Museus” e “Os Laboratórios Avançados do PRISC António Candeias, Laboratório Hercules, Universidade de Évora”.
 
Outras das preocupações destes profissionais e académicos, foi reflectida na mesa redonda “Que Formação para a Conservação de Coleções e Património Científico?”.
 
O I Seminário Nacional Conservação de Coleções Científicas contou com o apoio da Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal (ARP).