MUHNAC prepara programa especial para o Dia Internacional dos Museus

Por todo o mundo no Dia Internacional dos Museus, 18 de maio, os museus abrem as portas e convidam os cidadãos a conhecer as suas coleções, exposições e atividades. 

Exposição Mar Mineral

Esta é uma iniciativa do International Council of Museums (ICOM) que em 1977 estabeleceu este dia para chamar a atenção do público para o importante papel que os museus desempenham no desenvolvimento da sociedade. 
 
Para o Dia Internacional dos Museus em 2018, o ICOM escolheu como tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, reconhecendo que, enquanto parte inerente das comunidades locais em que estão inseridos, os museus têm um importante papel nas ligações que promovem. Ligações que têm sido alavancadas pelo uso das tecnologias que têm possibilitado que os museus saiam para fora chegando a novos públicos. São exemplos, a digitalização de colecções, o uso de elementos multimédia nas exposições ou até, somente, o recurso a meios tão simples como hastags que permitem aos cidadãos acompanhar a realidade dos museus através das redes sociais.
 
Mas apesar dos avanços tecnológicos, o ICOM reconhece que, nos últimos anos, os Museus têm também promovido uma aproximação com as comunidades locais, grupos específicos, minorias e instituições locais e recomenda que para um maior envolvimento destes novos públicos há que «encontrar novas formas de interpretar e apresentar as suas colecções».
 
 
O MUHNAC-ULisboa tenta responder a este desafio e para comemorar o Dia Internacional dos Museus preparou um programa especial que vai desde a visita aos bastidores e coleções do Museu orientadas pelos respectivos curadores, às colecções e história do Jardim Botânico de Lisboa, do Palácio Calheta e do Jardim Botânico Tropical.
 
No sábado, dia 19 de maio, convidamo-lo a passar uma Noite no Museu!
 
Conheça o programa completo!